Ícone do FacebookÍcone do TwitterrÍcone do YouTube
Início > Andifes divulga nota de repudio conducao coercitiva de gestores e docentes da ufmg
Data de Publicação 07/12/2017 - 15:58 Atualizado em 07/12/2017 - 15:59 738 visualizações

Andifes divulga nota de repúdio à condução coercitiva de gestores e docentes da UFMG

A Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) divulgou, nesta quarta-feira, 6, nota de repúdio à ação de condução coercitiva de gestores, ex-gestores e docentes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em uma operação que apura supostos desvios na construção do Memorial da Anistia, em Belo Horizonte.

Na nota intitulada “Memória da Ditadura”, a Andifes e os reitores das Universidades Federais manifestam solidariedade à comunidade da UFMG e conclamam a sociedade a reagir às violências repetidamente praticadas por órgãos e indivíduos que têm por obrigação respeitar a lei e o Estado Democrático de Direito. A Andifes reitera que as Universidades Federais são patrimônio da sociedade brasileira e não cessarão a sua luta contra o obscurantismo no Brasil.

A nota “Memória da Ditadura” pode ser lida na íntegra aqui.

Tags: Reitoria
randomness