Ícone do FacebookÍcone do TwitterrÍcone do YouTube
Início > Dia da consciencia negra movimento para promover mudancas
Data de Publicação 20/11/2018 - 17:11 Atualizado em 20/11/2018 - 17:21 311 visualizações

Dia da Consciência Negra: movimento para promover mudanças

Em Bagé, II Semana da Consciência Negra marca ações de combate ao racismo
Por Emanuelle Tronco Bueno

Nesta terça-feira, 20, é celebrado o Dia da Consciência Negra, que marca a busca por direitos e conscientização para o futuro. Para combater o preconceito, a Unipampa desenvolve diversas ações nos seus dez campi. Com esse intuito, a Coordenadoria de Ações Afirmativas e o Núcleo de Estudos Afro-brasileiro e Indígena (Neabis) da Universidade Federal do Pampa (Unipampa) apoia a II Semana da Consciência Negra, que ocorre em Bagé de 19 a 23 de novembro. O evento traz a temática “memórias, resistências e lutas em tempos de retrocessos” e é organizado pela Sociedade Recreativa e Cultural Os Zíngaros, único clube negro de Bagé e sede do evento, e pelo Movimento Enegrece, que agrega jovens negros.

Segundo a servidora da Coordenadoria de Ações Afirmativas, Elimara Gonçalves, é fundamental que a Unipampa participe de ações externas que visem combater o racismo e a injúria racial, que são crimes no Brasil: “um dos objetivos da Universidade é ser inclusiva e, considerando que esses eventos são uma forma da instituição se aproximar da sociedade, dialogar e colocar os objetivos educacionais em pauta só fortalece a ideia da universidade acessível”.

A Coordenadoria de Ações Afirmativas está vinculada ao Gabinete da Reitoria para promover ações transversais junto aos órgãos da administração superior com a missão de garantir a igualdade de oportunidades no acesso, na permanência, nas mobilidades e nas qualificações dos estudantes e servidores. Para Elimara, “a educação pode modificar a vida das pessoas” e por isso levar conhecimento através de eventos e ações de extensão são tão importantes.

A criação dos Núcleo de Estudos Afro-brasileiro e Indígena (Neabis) vem impulsionando a aplicação das leis 10.639/2013 e 11.645/2008 que incluem as culturas afro-brasileiras e indígenas no ensino brasileiro. Os Neabis formam uma rede de cooperação científica e já reúnem mais de 100 núcleos no país, incluindo a Unipampa. Na instituição, o primeiro Neabis foi criado em 2010, no Campus Uruguaiana. A resolução 161/2016 do Conselho Universitário (Consuni) da Unipampa também cita a criação do Fórum dos Neabis da instituição, responsável pela integração dos dez núcleos da Universidade e pelo diálogo permanente com a Coordenadoria de Ações Afirmativas.

Os campi da Unipampa também promovem ações de ensino, pesquisa e extensão voltadas à diversidade. No Campus São Borja, está em atividade o Programa de Educação Tutorial (PET) História da África, que tem coordenação do professor Muriel Pinto. O Programa está voltado para o resgate da cultura africana no município de São Borja, possibilitando reflexões sobre racismo e desigualdades étnicas, na construção de um sistema educacional com mais inclusão.

A II Semana da Consciência Negra, que ocorre em Bagé, possui servidores e estudantes negros da Unipampa participando da programação como ministrantes de palestras, oficinas ou integrando mesas de discussões, marcando a representatividade no evento. As atividades incluem momentos de conscientização, educação, cultura africana, discussões teóricas e resgates históricos. Para mais informações, acesse a programação completa.

  • Fundo com textura em tons de marrom. Arte de mulher negra no centro, de perfil e usando turbante colorido.

    Dia da Consciência Negra (Arte: Milene Marchezan)

    Grupos de três pessoas negras sorrindo.

    Atividade desenvolvida durante o 10º Salão Internacional de Ensino Pesquisa e Extensão (Siepe) pelo Programa de Educação Tutorial (PET) História da África (Fotografia: Milene Marchezan)

    Um homem negro, jovem, sentado de costas, usando turbante e com pintura nos olhos.

    Atividade desenvolvida durante o 10º Salão Internacional de Ensino Pesquisa e Extensão (Siepe) pelo Programa de Educação Tutorial (PET) História da África (Fotografia: Milene Marchezan)

     Fundo de estantes de livros. Uma aluna branca e um aluno negro sorrindo e olhando um livro. Ambos sentados.

    Unipampa possui ações afirmativas que visam o acesso ao ensino superior (Fotografia: Milene Marchezan)

randomness