Ícone do FacebookÍcone do TwitterrÍcone do YouTube
Início > Planetario da unipampa comemora primeiro ano com sessoes abertas comunidade
Data de Publicação 19/09/2018 - 14:59 Atualizado em 19/09/2018 - 15:00 634 visualizações

Planetário da Unipampa comemora primeiro ano com sessões abertas à comunidade

Por Aline Reinhardt da Silveira

O Planetário da Universidade Federal do Pampa (Unipampa) está completando um ano de funcionamento em sua sede definitiva, no Campus Bagé. Para comemorar a data, ocorrerão sessões abertas à comunidade nesta sexta-feira, 21 de setembro, às 14h, 15h e 16h. A entrada, como sempre, é gratuita.

Conforme o diretor do Planetário, professor Guilherme Marranghello, ao longo deste ano o espaço recebeu 10 mil visitantes, em sessões dedicadas a escolas ou em sessões abertas à comunidade, com diferentes temáticas voltadas ao conhecimento da Astronomia. Atualmente, a equipe do Planetário está produzindo uma nova sessão, cursos e concurso de AstroArte (desenho, fotografia e grafite com a temática de Astronomia), participação em muitos eventos onde recebem muitos elogios sobre nosso trabalho, construção de materiais acessíveis e novos projetos que estão em elaboração.

“O sentimento de quando vemos cada turma entrando no planetário é de pura satisfação, felicidade, de certeza de que todo o esforço valeu a pena”, comenta Marranghello a respeito desse primeiro ano. E o professor reforça a dedicação da equipe de servidores, colaboradores e bolsistas, quem classifica como “muito dedicada e competente, a quem sempre temos que agradecer por fazerem do planetário um local cheio de vida”.

Serviço:

  • Primeiro Aniversário do Planetário da Unipampa
  • Sessões abertas à comunidade
  • Dia 21 de setembro
  • Às 14h, 15h e 16h
  • Local: Campus Bagé (Maria Anunciação Gomes de Godoy, 1650 – Bairro Malafaia)
  • Planetário da Unipampa - Foto: Ronaldo Estevam

    Planetário da Unipampa - Foto: Ronaldo Estevam

    Planetário da Unipampa - Foto: Ronaldo Estevam

    Planetário da Unipampa - Foto: Ronaldo Estevam

randomness