Ícone do FacebookÍcone do TwitterrÍcone do YouTube
Início > Unipampa e universidade de valência fortalecem parceria
Data de Publicação 10/03/2015 - 09:20 Atualizado em 26/06/2015 - 14:26 3120 visualizações

Unipampa e Universidade de Valência fortalecem parceria

Por Franceli Couto Jorge

Durante os meses de fevereiro e março de 2015, o professor da Universidade Federal do Pampa (Unipampa) e coordenador do Grupo de Pesquisa em Neuromecânica Aplicada (GNAP), Felipe Carpes, atuou como professor visitante na Universidade de Valência, na Espanha. Neste período, Carpes ministrou aulas sobre temas relacionados à neuromecânica do movimento humano e divulgou as oportunidades de estudo no Brasil, em especial os programas de pós-graduação da Unipampa.
 
 A participação do professor ocorreu devido a uma parceria entre a Unipampa e a Universidade de Valência, desde 2012. Conforme Carpes, a colaboração iniciou quando um estudante espanhol do Grupo de Investigação em Biomecânica Aplicada ao Esporte, da Universidade de Valência, procurou o Grupo da Unipampa para a realização de um estágio, durante o seu curso de mestrado.
 
A partir desta iniciativa, o GNAP buscou fontes de financiamento para a visita do estudante e, no ano seguinte, em 2013, foi possível recebê-lo no Campus Uruguaiana, onde ficou por dois meses. O fomento foi oriundo de um programa da International Society of Biomechanics. O professor conta que o período em que o acadêmico ficou em Uruguaiana serviu para desenvolver o primeiro projeto em colaboração, cujos resultados foram publicados em periódicos da área.
 
Desde então, os projetos colaborativos intensificaram-se. Em 2014, o técnico desportivo do Campus Uruguaiana e, também, pesquisador do GNAP, Marcos Kunzler, participou das atividades do Grupo de Valência, durante um mês. A participação foi possível por meio do fomento da International Society of Biomechanics. Neste mesmo ano, foi realizado o convite a Carpes para atuar, em 2015, como professor visitante na Universidade de Valência.
 
O professor comenta que sua participação serviu para ampliar contatos com outros grupos e instituições espanholas. Além da atuação na Faculdade de Ciências do Esporte e Fisioterapia, foram realizadas visitas ao centro de pesquisa da Aitex (empresa têxtil que se dedica à pesquisa e ao desenvolvimento de equipamentos esportivos), ao Departamento de Fisiologia da Faculdade de Medicina, onde foram apresentados os resultados dos estudos mais recentes desenvolvidos pelo grupo no Brasil, e ao Instituto de Biomecânica de Valência (IBV).
 
Neste último, foram discutidas possibilidades de parceria Universidade-Empresa. Os dirigentes espanhóis mostraram como esse tipo de colaboração foi feita no IBV e quais os benefícios para a consolidação do instituto como referência na área. O IBV é um dos principais centros de investigação em biomecânica na Europa e reconhecido mundialmente pela atuação em parceria com indústrias, visando ao desenvolvimento científico e tecnológico.
 
Durante o período em que esteve na Espanha, o professor também orientou atividades de estudantes de mestrado e doutorado junto ao grupo espanhol.

  • pessoas posam para foto em escadaria no prédio da aitex, empresa espanhola na cidade de Valência
    dois homens, o da esquerda sendo o professor Felipe carpes, posam para a foto ao lado de placa do Instituto de biomecânica de Valência
    quatro pessoas posam para foto em frente a escadaria.